TMACUL

GESTÃO DE CONFIGURAÇÃO: Atualização do CMDB 17/12/2015

Blog Post created by TMACUL Champion on Jan 1, 2016
GESTÃO DE CONFIGURAÇÃO: Atualização do CMDB
Quando você ouviu falar pela primeira vez sobre um único banco de dados de gerenciamento da configuração que armazenaria todos os itens de configuração e ativos da sua empresa, tenho certeza que você ficou muito animado com a ideia. Pois é, eu e muita gente também ficou.

Eu pensava que magicamente todos os ICS seriam "descobertos", relacionados, jogados na base e todos os processos de apoio ficariam felizes. #sóquenão

Aos poucos a "ficha caiu" e o que era pra ser fantástico, se transformou em uma enorme carga de trabalho.
Por mais que existam tecnologias e soluções integráveis ao CA CMDB, a implantação e manutenção não é fácil. Não adianta se enganar.

Se você trabalha com ferramentas de monitoria do tipo Zabbix, Instroscope, Selenium, SOI, Spectrum, E-Health e muitas outras, você sabe do que estou falando.
O protocolo SNMP e as famosas MIBS de monitoramento são realmente lindas, mas infelizmente se Steve Jobs ainda estivesse vivo e se interessasse por esse assunto, certamente ele mandaria jogar tudo no lixo e reformular.

Em suma: Comprar e instalar é muito fácil, mas manter atualizado é o maior desafio.

Depois dessa baita introdução que fiz questão de fazer pra mostrar "que nem tudo são flores", resta agora esquecer os problemas e pensar nas alternativas de solução mencionadas no post anterior.
Como iremos manter o CMDB atualizado?

ATUALIZAÇÃO AUTOMÁTICA
Através de algumas soluções homologadas compatíveis com a ferramenta SDM é possível alimentar o CMDB automaticamente através de serviços de descoberta externos baseados no protocolo SNMP ou através de arquivos intermediários de carga, quando é uilizado o utilitário GRLOADER da CA.

Quase todas aquelas ferramentas que mencionei antes podem fazer isso. Basta configurá-las ou planejar os arquivos de carga.
Em seguida, é necessário criar regras de reconciliação MDR para que o mapeamento de atributos na base de origem coincida com os atributos na base de destino, ou seja, no CMDB. Se isso não for feito corretamente, as informações descobertas pela ferramenta de monitoria não serão armazenadas nos seus devidos lugares dentro do CMDB.
E além disso, é indispensável entender o funcionamento do CORA, mecanismo esse que determina se um IC foi apenas atualizado ou deverá ser criado/inativado na base.
Feito isso, os IC's e seus relacionamentos serão atualizados automaticamente no CMDB ou irão parar na TWA, camada essa presente no CMDB utilizada temporariamente para que um "Analista de configuração" possa avaliar se a descoberta de IC's foi feita corretamente e se isso deve ser propagado na base oficial.

Outra possibilidade interessante em alguns casos é implantar o conceito de CMDBf que possibilita consolidar diversas bases "federadas" de configuração dentro do CMDB. Desta forma a atualização de dados ocorrerá instantaneamente. O processo ocorre por meio de webservices.

Deu pra perceber que esse assunto é bem complexo e acho que não seria possível detalhá-lo minuciosamente aqui no grupo devido a particularidades de cada ambiente.
Recomendo a leitura dos manuais de implementação e administração da ferramenta SDM, do CMDB e das ferramentas de monitoria homologadas.
E se mesmo assim você precisar de auxílio, não exite e recorra à CA ou integradores parceiros de sua empresa.

ATUALIZAÇÃO MANUAL
Outra forma muito popular de manter o CMDB atualizado é fazer este processo manualmemte por intermédio dos Analistas de configuração.
A prática mais comum é "amarrar" esta atividade no meio dos processos de mudança e incidente. Fazendo isso, toda alteração realizada nos IC's deverá refletir no CMDB. Mas não basta fazer apenas isso...
Como existe um risco considerável da base ficar desatualizada devido a não execução de alguma atividade cadastral, devido a falha no processo ou desconhecimento da alteração, se faz necessário instituir alguns processos de auditoria da base de configuração. O ideal é que estes processos de controle sejam executados periodicamente e sistematizados através de monitorias específicas.
Dependendo da quantidade de IC's e quantidade de mudanças realizadas na sua infraestrutura, processos manuais de cadastro tendem a ser menos eficientes e consequentemente, menos confiáveis.
A prática mais comum é investir em automação nos processos de cadastro mais sensíveis do negócio e manter processos manuais apenas nos cadastros menos críticos.

E pra finalizar...
Como eu disse anteriormente, o processo de configuração foi criado para fornecer respostas aos demais processos de apoio. E é por essa razão que é indispensável que as informações contidas no CMDB sejam confiáveis. Principalmente as de negócio.
Portanto nunca esqueça que, quanto mais granulares forem as informações de seu CMDB, mais esforços serão gastos para mantê-lo atualizado.
Avalie sempre este assunto com muita cautela focando primordialmente o negócio e secundariamente a TI. Você verá que com essa estratégia o esforço será menor e o resultado será mais significativo.

Amanhã falarei sobre famílias, classes e relacionamentos do CMDB.
Até lá!

 

Publicado Originalmente: 16 de dezembro de 2015 às 00:41

Em: CA SDM Brasil - facebook

Por: daniel-bighelini

Outcomes