TMACUL

GESTÃO DE CONFIGURAÇÃO: Conceito 16/12/2015

Blog Post created by TMACUL Champion on Jan 1, 2016

Acho que a melhor frase que ouvi a respeito desse tema foi: "O nível de maturidade dos processos de incidentes, problemas e mudanças nunca será maior que o nível de maturidade do processo de gestão de configuração."

 

Isso significa dizer que não é possível elevar o nivel de maturidade do processo de mudanças sem antes elevar o nível do processo de configuração, por exemplo.

 

E é por esta razão que a maioria das empresas quando implanta ITIL, geralmente segue a mesma estratégia: Primeiro implanta o processo de incidentes, depois, problemas, mudanças, e logo em seguida, configuração. Mas porquê?

 

Bom... Na minha opinião, as bases cadastrais de ativos/IC's são apenas um objetivo secundário pois o principal objetivo do processo de configuração é fornecer respostas aos demais processos de apoio.

 

Pra ser mais didático, apenas um bom processo de configuração conseguirá responder as perguntas abaixo:

 

"Qual será o impacto real desta mudança?"

"Que serviço/cliente está sendo afetado por este incidente?"

"Quanto custa a infraestrutura utilizada pelo serviço?"

"Qual a causa raiz desse problema?"

"Quais serviços dependem desee item de configuração?"

"Quantos ativos e itens de configuração existem na base?"

 

Não é a toa que este é um processo bem trabalhoso de ser implantado em qualquer empresa. A base de configuração muda todo dia. E são os processos de mudanças e incidentes os principais motivadores dessas alterações.

 

Portanto manter a base de configuração atualizada sem investir os devidos esforços em processos de atualização de cadastro e gerenciamento de mudanças acaba sendo uma "batalha perdida".

 

E só existem duas formas de se atualizar o cadastro da base de configuracao: Manualmente e automaticamente.

Cada um desses métodos tem vantagens e desvantagens e amanhã falarei mais sobre isso.

 

Até lá

 

Publicado Originalmente: 16 de dezembro de 2015 às 03:02

Em: CA SDM Brasil - facebook

Por: daniel-bighelini

Outcomes